Consulta Externa

O Serviço de Consulta Externa funciona no 1º piso junto à entrada lateral do Hospital. Algumas destas consultas realizam-se, no entanto, fora deste Serviço, noutros pisos do Hospital. No momento do agendamento da consulta, serão disponibilizadas informações sobre a localização, dia e hora da mesma.

No dia e hora marcados dirija-se ao secretariado respetivo para se fazer anunciar. A central de marcações funciona todos os dias úteis, das 08:00 às 20:00.

As consultas só podem ser solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

Para mais informações sobre o funcionamento da Consulta Externa do HGO, dirija-se ao balcão de informações ou utilize o correio eletrónico.

 

Equipa:

  • Dr. Henrique Santos, Diretor de Serviço
  • Enf. Elisabete Santos, Enfermeiro Chefe

 

Contactos:
Telefone: 212 940 294
E-mail: secretariado.consexterna@hgo.min-saude.pt

Urgência Geral

O Serviço de Urgência Geral tem a responsabilidade assistencial direta na urgência/emergência aos habitantes dos Concelhos de Almada e Seixal (cerca de 350 mil habitantes), e responsabilidade complementar da população proveniente dos Hospitais da Península de Setúbal, em especial aos doentes neurocirúrgicos e trauma complicado (cerca de 790 mil habitantes).

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Urgência Geral?

  • Emergência pré-hospitalar | Centraliza a sua atividade na atuação da Viatura Médica de Emergência (VMER), com equipas autónomas sob a orientação de um coordenador;
  • Área de ambulatório | Compreende a reanimação, a triagem, salas de atendimento médico, cirúrgico e de outras especialidades;
  • Internamento
    • UCDI – Unidade de Cuidados Diferenciados Imediatos com 7 camas (das quais mantém 3 de ventilados), esta unidade é orientada para cuidados a doentes que carecem de monitorização e cuidados específicos.
    • UIMC – Unidade Internamento Médico-Cirúrgico com 20 camas (mais uma de isolamento) das quais 8 monitorizadas.
    • UMICD – Internamento de Curta Duração de doentes da área da médica para situações de internamento inferior a 5 dias. Contempla 16 camas de internamento.
  • Outras atividades:
    • Participação no programa de Colheitas de Órgãos e Transplante do Hospital;
    • Desenvolvimento de novas atividades relacionadas com o tratamento de doentes em ambulatório, sob supervisão de profissionais de saúde;
    • Educação para a saúde. O serviço está disponível para colaborar, junto de instituições, na tarefa de ensino da população sobre a melhor forma de utilizar o Serviço de Urgência.

Equipa:

  • Dra. Alexandra Buchel Marques Reis Matos, Diretor de Serviço
  • Enf. António Rocha, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Susana Sampaio, Administrador

 

Contactos:
Telefone: 212 727 272
E-mail: secretariado.urgger@hgo.min-saude.pt

Cuidados Intensivos

A Medicina Intensiva é uma área diferenciada e multidisciplinar das ciências médicas, que aborda especificamente a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de doentes em condições fitopatológicas que ameaçam ou apresentam falência de uma ou mais funções vitais, mas que são potencialmente reversíveis.

É por natureza multidisciplinar e tem por objetivo primordial suportar e recuperar funções vitais, de modo a criar condições para tratar a doença subjacente e, por essa via, proporcionar oportunidades para uma vida futura com qualidade.

A nível humano e organizativo, os hospitais têm vindo a ser forçados a aumentar cada vez mais a capacidade de internamento em áreas destinadas a doentes críticos e o número de intensivistas capazes de garantir a necessária qualidade assistencial.

O Serviço de Cuidados Intensivos do HGO é um Serviço Polivalente de Medicina Intensiva de nível III com idoneidade para formação de internos de especialidade e especialistas em Medicina Intensiva.

Tem como missão prestar cuidados altamente diferenciados, dando resposta às necessidades dos doentes que apresentam falência de um ou mais órgãos ou sistemas, e necessitam de apoio tecnológico e de cuidados permanentes quer médicos, quer de enfermagem não possíveis de serem prestados noutros serviços do Hospital.

Qualquer informação adicional ou pedidos de esclarecimento poderão ser efetuados durante as horas de expediente (das 8:30 às 16:00).

 

Equipa:

  • Dr. Antero Fernandes, Diretor de Serviço
  • Enf. José Serra, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Susana Sampaio, Administradora Hospitalar

 

Contactos:
Telefone: 212 727 265

Blocos Operatórios

O Bloco Operatório Central do HGO está localizado no Piso 1 do Hospital, onde se encontram também a Unidade de Cuidados Intensivos, o Serviço de Anestesiologia, a Urgência Geral e o Bloco de Partos.

O Bloco Operatório Central dispõe de sete suites operatórias e uma sala de operações simples. As salas são de utilização polivalente estando, no entanto, algumas preferencialmente afetas a determinadas especialidades.

A equipa cirúrgica base é constituída por Cirurgião, Ajudante, Anestesista e três enfermeiros. Uma das salas e uma equipa está afeta à Urgência 24 horas por dia.

Atualmente, são 11 as especialidades que utilizam o Bloco Operatório (Cirurgia Geral, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Plástica, Cirurgia Vascular, Ginecologia, Neurocirurgia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Ortopedia-Traumatologia, Pneumologia de Intervenção e Urologia).

 

Equipa:

  • Dra. Natália Marques Dias, Diretor de Serviço
  • Enf. Teresa Chambel, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Umbelina Santos, Administrador

 

Contactos:
Telefone: 212 727 236
Email: secretariado.blocooperatorio@hgo.min-saude.pt

Cirurgia de Ambulatório

A cirurgia de ambulatório é uma das grandes apostas da prestação de cuidados de saúde do Hospital Garcia de Orta.

Entende-se por cirurgia de ambulatório todo o procedimento cirúrgico programado habitualmente efetuado em regime de internamento, em que o doente é admitido e tem alta para o seu domicílio no dia da intervenção ou no período máximo de 24 horas, designando-se neste caso de cirurgia de ambulatória com pernoita hospitalar.

A Unidade de Cirurgia de Ambulatório do HGO está localizada no Piso 6 do Hospital e dispõe de duas salas de operações, uma unidade de cuidados pós-anestésicos e diversas áreas de apoio.

Para que um utente seja operado em ambulatório, é necessário o cumprimento de alguns critérios de admissibilidade cirúrgicos, sociais e anestésicos, nomeadamente, entre outros, que se trate de uma intervenção cirúrgica de duração inferior a 120 minutos, sem necessidade de cuidados pós-operatórios especializados, ter transporte assegurado em veículos automóvel, área de residência ou local de pernoita a menos de 60 minutos de distância do Hospital ou idade superior a 14 anos.

Equipa:

  • Dra. Natália Marques Dias, Diretor de Serviço
  • Enf. Teresa Chambel, Enfermeiro Chefe

Contactos:
Telefone: 212 727 156
Email: sec.ciramb@hgo.min-saude.pt

Exames Especiais

Para efetuar quaisquer exames no Hospital, os utentes deverão dirigir-se, à hora marcada, ao respetivo Serviço e anunciarem-se junto do Secretariado, cumprindo rigorosamente as indicações que lhe são prestadas.

Sempre que possível, deverão trazer exames anteriores que possam ser úteis na sua avaliação clínica global.

O Bloco de Exames Especiais funciona no Piso 3 e executa exames e atos clínicos de natureza diversificada e em grande variedade de áreas clínicas.