Cardiologia

Cardiologia é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento das doenças do coração e de todo o sistema cardiovascular.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Cardiologia?

  • Internamento;
  • Consultas Externas;
  • Urgência;
  • Exames.

Para além da área assistencial, o Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada e de investigação.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

O Serviço de Cardiologia disponibiliza as seguintes consultas:

  • Arritmologia de Intervenção;
  • Cardiologia Anticoagulação;
  • Cardiologia de Intervenção;
  • Cardiologia Médica;
  • Cardiomiopatias;
  • Cardiopatias Congénitas (adulto/adolescente);
  • Hipertensão – Cardiologia;
  • Insuficiência Cardíaca;
  • Intervenção Cardiovascular;
  • Pacemakers;
  • Patologia Valvular e Próteses Cardíacas;
  • Portadores Cardioversor-Desfibrilhador.

O Serviço efetua ainda consultadoria de Cardiologia nos Centros de Saúde da área de influência do HGO, ajudando os especialistas de Medicina Geral e Familiar na tomada de decisão diagnóstica e orientação terapêutica dos doentes.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

 

Equipa:

  • Dr. Hélder Pereira, Diretor de Serviço
  • Enfa. Ana Paula Almeida, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Vanessa Rodrigues, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 168
Email: secretariado.cardiologia@hgo.min-saude.pt

Dermatologia e Venerologia

Dermato-Venerologia é a especialidade médico-cirúrgica que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças da pele, mucosas e anexos (cabelos e unhas), bem como das doenças de transmissão sexual.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Dermato-Venerologia

  • Consulta externa geral e consultas especializadas;
  • Exames de diagnóstico e técnicas terapêuticas;
  • Cirurgia dermatológica diferenciada;
  • Internamento;
  • Apoio ao serviço de urgência.

O serviço cobre a maioria das valências dermatológicas, recebendo apoio de outros serviços do Hospital, mas afirma-se especialmente nas áreas da cirurgia e oncologia dermatológica, nomeadamente na área da cirurgia oncológica periocular, melanoma maligno, dermatopatologia e alergologia cutânea.

O Serviço desenvolve ainda atividades formadoras, mantendo um programa de educação médica contínua pós-graduada para os seus médicos e internos de outras especialidades, em especial Medicina Geral e Familiar.

O Serviço pretende afirmar-se no panorama nacional como serviço de referência. Constituem valores do Serviço:

  • A cultura de prestação de serviço público;
  • O respeito do doente como pessoa;
  • A qualidade na prestação do serviço;
  • A regência por padrões éticos no exercício da atividade;
  • A eficiência na utilização dos recursos disponíveis.

A atividade do Serviço de Dermato-Venereologia desenvolve-se, essencialmente, no ambulatório, quer no âmbito das consultas, quer dos exames disponibilizados, quer ainda na cirurgia de ambulatório.

 

O Serviço disponibiliza as seguintes consultas geral e diferenciadas:

  • Dermatologia Geral;
  • Dermatologia Oncológica;
  • Dermatologia Pediátrica;
  • Alergologia Cutânea e Dermatoses Profissionais;
  • Consulta de seguimento de Melanoma Maligno;
  • Fotodermatologia;
  • Teledermatologia;
  • Lesões pigmentadas;
  • IST e Dermatologia Genital.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

O Serviço de Dermato-Venereologia disponibiliza os seguintes exames e técnicas diagnósticas:

  • Testes de alergologia cutânea;
  • Dermatopatologia;
  • Cirurgia dermatológica nas várias vertentes:
  • Cirurgia clássica;
  • Criocirurgia e crioterapia;
  • Electroterapia;
  • Laserterapia;
  • Fototerapia e testes fotodiagnósticos;
  • Terapia fotodinâmica;
  • Microscopia de epiluminescência digital.

O Serviço efetua também cirurgia dermatológica diferenciada, para tal utilizando diversos tempos semanais da Unidade de Cirurgia de Ambulatório.

O acesso a estes exames destina-se apenas aos utentes com prescrição hospitalar, com origem nos serviços de Urgência, Consulta Externa e Internamento. Não são realizados exames com prescrições do exterior.

Equipa:

  • Dr. João Alves, Diretor de Serviço
  • Dra. Margarida Bentes Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 722 141
Email: secretariado.dermatologia@hgo.min-saude.pt

Endocrinologia

Endocrinologia é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento das perturbações do funcionamento do sistema endócrino.

O Serviço de Endocrinologia do HGO tem como missão prestar cuidados clínicos à pessoa com doença endócrina e promover o acesso aos melhores métodos de diagnóstico e tratamento na maioria das áreas da endocrinologia.

O Serviço presta cuidados no âmbito da consulta externa e do internamento que estão em concordância com os praticados nos melhores centros mundiais. A ligação dos especialistas do Serviço aos cuidados pediátricos e à obstetrícia assegura também um serviço de elevada qualidade a grávidas e doentes mais jovens.

A formação pós-graduada é também um dos compromissos fundamentais do Serviço. Para além dos Internos da Especialidade de Endocrinologia, o Serviço tem sempre em formação, um ou dois Internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) da zona de influência do Hospital e de Medicina Interna.

As áreas mais distintivas do Serviço incluem:

  • Consultadoria nas USF e UCSP da área de influência do Hospital;
  • O Serviço tem destacado para cada Unidade de Saúde um médico especialista, que aí se desloca mensalmente. O objetivo destas reuniões é efetuar uma triagem eficaz dos casos clínicos apresentados pelos colegas de MGF; deste modo, consegue-se diminuir o tempo de espera de consulta e avaliar os casos de acordo com a gravidade clínica;
  • Programa de tratamento do hipertiroidismo com iodo radioativo, em articulação com o Serviço de Medicina Nuclear;
  • Realização de citologia ecoguiada da tiróide;
  • Consulta de Oncologia Tiroideia;
  • Consulta de Diabetologia/Grávidas;
  • Consulta de Endocrinologia Pediátrica;
  • Centro de tratamento de perfusão subcutânea de insulina na idade adulta e em idade pediátrica;
  • Serviço de referência no tratamento de doenças hipotâlamo-hipofisárias tais como tumores hipofisários, prolactinomas, acromegália e doença de Cushing;

Estreita ligação ao CIRMA (Centro de Infertilidade e Reprodução Medicamente Assistida) na avaliação endócrina dos doentes com distúrbios da fertilidade.

O Serviço de Endocrinologia disponibiliza as seguintes consultas:

  • Endocrinologia Geral;
  • Diabetologia;
  • Diabetologia Grávidas;
  • Diabetologia Pediátrica;
  • Endocrinologia Pediátrica;
  • Hipertiroidismo;
  • Oncologia Tiroideia;
  • Bombas Infusoras de Insulina / MCGS;
  • Endocrinologia / Apoio à Fertilidade.

O Serviço efetua ainda consultadoria de Endocrinologia nos Centros de Saúde da área de influência do HGO, ajudando os especialistas de Medicina Geral e Familiar na tomada de decisão diagnóstica e orientação terapêutica dos doentes.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

O Serviço de Endocrinologia disponibiliza os seguintes exames e tratamentos:

  • Citologia Aspirativa Ecoguiada com Agulha Fina da Tiroide;
  • Tratamento do hipertiroidismo com iodo radioativo;
  • Monitorização contínua da glicose subcutânea;
  • Provas dinâmicas de endocrinologia nos adultos e em idade pediátrica

O acesso a estes exames destina-se apenas aos utentes com prescrição hospitalar, com origem nos serviços de Urgência, Consulta Externa e Internamento. Não são realizados exames com prescrições do exterior.

 

Equipa:

  • Dr. Jorge Portugal, Diretor de Serviço
  • Dra. Margarida Bentes de Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 726 798
Email: secretariado.endocrinologia@hgo.min-saude.pt

Gastrenterologia

Gastrenterologia é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento das doenças do fígado e do sistema digestivo. Atua na vertente clínica e endoscópica, em colaboração próxima com outras Especialidades (Anatomia Patológica, Patologia Clínica, Imagiologia, Cirurgia, Oncologia, Nutrição) e executa técnicas diferenciadas de diagnóstico e terapêutica. Algumas áreas de atuação do Serviço encontram-se organizadas em Unidades Funcionais para otimização de recursos e para aproveitamento da diferenciação dos profissionais que as integram. O Serviço de Gastrenterologia tem capacidade formativa de Internos do Internato Complementar e colabora no ensino pré-graduado de alunos de Medicina. Recebe Internos de Gastrenterologia e Especialistas de outros Hospitais em estágios formativos em áreas específicas. Tem projetos de investigação próprios e colabora em projetos de investigação multicêntricos propostos por sociedades científicas. Participa também em ensaios clínicos propostos por companhias farmacêuticas.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Gastrenterologia

  • Internamento: A atividade do Serviço de Gastrenterologia centra-se no Internamento que é efetuado na enfermaria partilhada de Gastrenterologia, Nefrologia e Reumatologia situada no 3º piso do Hospital Garcia de Orta. Uma importante parte dos internamentos provém do Serviço de Urgência, mas os doentes podem ser diretamente internados a partir da Consulta Externa.
  • Consulta Externa: para além da Consulta de Gastrenterologia, há diferentes consultas diferenciadas para grupos específicos de doentes. O acesso à Consulta Externa de Gastrenterologia é feito eletronicamente por referenciação intra-hospitalar (de doentes internados ou de doentes de outras consultas hospitalares); os doentes oriundos dos Centros de Saúde são sempre referenciados por via eletrónica através programa Consulta a Tempo e Horas.
  • Urgência: o apoio a situações de urgência gastrenterológica interna e externa é realizado por uma equipa que inclui uma enfermeira com diferenciação em Endoscopia Digestiva, um Assistente Operacional e um Gastrenterologista que está escalado em presença física das 12:00 ás 24:00 todos os dias do ano. Para situações excecionais que possam justificar transferência para outros Hospitais há a possibilidade de contactar um gastrenterologista fora do período acima referido.
  • Exames complementares. Realizam-se no Bloco de Exames Especiais (3º Piso do Hospital Garcia de Orta) diversos exames endoscópicos diagnósticos e terapêuticos (Endoscopias digestivas altas, Colonoscopias, Enteroscopias porvideocápsula, Exames proctológicos). Pela necessidade de apoio imagiológico são realizadas no Serviço de Imagiologia (Piso 1) as ultrassonografias endoscópicase as colangiopancreatografias retógradas endoscópicas (CPRE) bem como as técnicas de dilatações endoscópicas e colocação de próteses digestivas.
  • Hospital de Dia: O Hospital de Dia de Gastrenterologia funciona no Piso 3, junto á Enfermaria, e é utilizado para administração de terapêuticas endovenosas a doentes ambulatórios e para ensino de auto-administração de terapêuticas injectáveis fornecidas pelo Hospital Garcia de Orta a doentes ambulatórios. No caso específico de administração de tratamentos biológicos, estes são realizados no Hospital de Dia do Serviço de Reumatologia (Piso 6)

O Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada, dispondo de idoneidade formativa para a realização do Internato Complementar de Gastrenterologia.

O Serviço de Gastrenterologia inclui algumas Unidades Funcionais em áreas específicas.

 

Grupo de Estudo de Nutrição Entérica (GENE)

O Grupo de Estudos de Nutrição Entérica do Hospital Garcia de Orta (GENE-HGO)congrega um grupo de profissionais de Saúde, provenientes de diferentes áreas deformação científica/técnica, envolvidos no apoio a doentes alimentados por diferentes formas de nutrição artificial, sobretudo entérica por gastrostomia/jejunostomia, mas também nutrição parentérica ou nutrição oral com produtos artificiais. Desenvolve a sua atividade em três vertentes:

  1. Clínica: aos doentes internados e, também, a doentes ambulatórios, através de 500 Consultas de Nutrição Artificial anuais. São seguidos permanentemente mais de 150 doentes, incluindo mais de 80 novas gastrostostomias ou jejunostomias por ano, a maioria endoscópicas mas também cirúrgicas. São seguidos também doentes sob nutrição parentérica domiciliária e doentes disfágicos necessitando nutrição adaptada e suplementada.
  2. Formação: incluindo estágios pré-graduados de alunos da área da nutrição, estágios profissionais para alunos graduados e projetos de Mestrado (5 em 2013) e Doutoramento (1 em 2013).Colaboração com instituições académicas e profissionais em programas formativos estruturados. Organização regular de Pós-graduações em Nutrição Entérica e Parentérica.
  3. Investigação: apresentação regular dos resultados dos projetos de investigação clínica. Em 2013 foram apresentadas 4 comunicações em reuniões internacionais, 10 em reuniões nacionais e foram publicados 10 artigos científicos ou capítulos de livros (6 em revistas internacionais).

 

Núcleo de Estudo e Tratamento de Crohn e Colite (NETCCo)

Atividades: Consulta de Doença Inflamatória Intestinal, apoio ao Hospital de Dia no tratamento com fármacos biológicos,apoio a doentes internados com Doença Inflamatória Intestinal, reuniões periódicas para discussão clínica ou elaboração de protocolos, participação em estudos de iniciativa de organizações nacionais (GEDII) ou Internacionais (EC-IBD,ECCO), consultoria científica na Associação Portuguesa dos Doentes de Doença Inflamatória Intestinal (APDII),elaboração de normas e orientações para os doentes.

 

Unidade de Ultrassonografia Endoscópica

Com intensa atividade na área da ecoendoscopia desde 2007, realizou mais de 500 exames em 2013, tornando nesta área o Serviço de Gastrenterologia um polo de referencia no Sul do País. Recebe Internos de Gastrenterologia e Especialistas em treino, em estágios programados, e colabora na realização de exames a doentes de unidades de saúde da Grande Lisboa e do Sul do País.

 

Grupo de Risco Oncológico em Gastrenterologia

A Consulta de Risco Oncológico existe nos presentes moldes desde 2007.Recebe indivíduos da área do Hospital Garcia de Orta referenciados pelo Médico de Família, por Cirurgiões Gerais ou Gastrenterologistas. São sobretudo referenciados indivíduos com história pessoal e/ou familiar de polipose cólica ou cancro do cólon e reto (CCR). Sabe-se que o risco de CCR em familiares em 1º grau de doentes que o tenham desenvolvido depende do número de casos de CCR na família e da idade em que estes foram diagnosticados.

Partindo deste conceito, na consulta procede-se à estratificação do risco de CCR dos familiares em 1º grau desses doentes e sugere-se um programa de vigilância. O exame de vigilância proposto é a colonoscopia, durante a qual poderão ser detetados e removidos pólipos adenomatosos, lesões que podem vir a evoluir para CCR. A idade de início da vigilância e o intervalo da mesma são decididos em função do risco atribuído. Caso haja indicação, procede-se a aconselhamento genético, com vista ao diagnóstico e orientação de síndromas hereditários, os quais justificam uma vigilância específica.

Atualmente estão registadas na Consulta de Risco Oncológico 340 famílias, das quais 99 com síndromas hereditários conhecidos e 179 com agregação familiar de CCR.

O Serviço de Gastrenterologia disponibiliza as seguintes Consultas Externas em períodos de duas horas e meia cada:

  • Gastrenterologia – Doze períodos por semana
  • Doença Inflamatória Intestinal – Dois períodos por semana
  • Hepatologia – Três períodos por semana
  • Nutrição Artificial – Dois períodos por semana
  • Risco Oncológico – Um período por semana
  • Proctologia Terapêutica – Um período por semana
  • Consulta de Decisão Oncológica (em colaboração com outras Especialidades) um período por semana próximo do Bloco de Exames Especiais

As Consultas Externas têm lugar no Piso 1 do Hospital Garcia de Orta, Consultas Externas, exceto as de Nutrição Artificial e de Proctologia Terapêutica que, pela habitual necessidade de instrumentação endoscópica, têm lugar no Piso 3.

O Serviço de Gastrenterologia providencia também Consultas Internas aos doentes internados, e as Consultas prévias à administração de tratamentos biológicos no Hospital de Dia.

 

Equipa:

  • Dr. Jorge Fonseca, Diretor de Serviço
  • Enf. Adelaide Martins, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Umbelina Santos, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 125
Email: secretariado.gastronefro@hgo.min-saude.pt

Medicina Interna

Medicina Interna é a especialidade médica que se dedica à prevenção, diagnóstico e orientação da terapêutica não cirúrgica das doenças ou das afeções multisistémicas dos adolescentes, adultos e idosos.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Medicina?

  • Internamento;
  • Urgência Geral;
  • Urgência Interna;
  • Consulta Externa;
  • Assistência a doentes internados noutros serviços do Hospital;
  • Hospital de Dia.

Para além da área assistencial, o Serviço de Medicina desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada e de investigação clínica.

O Serviço tem como missão a prestação de cuidados de saúde, no âmbito da especialidade de Medicina Interna, aos utentes do Serviço Nacional de Saúde, da área de influencia do Hospital Garcia de Orta, em consonância com o plano estratégico do Hospital.

O Serviço desenvolve a sua missão perseguindo objetivos de excelência, procurando envolver toda a equipe prestadora de cuidados numa dinâmica comum, convergente na qualidade assistencial.

Ciente da necessidade de cultivar valores centrados na pessoa doente, constituem preocupações premente do Serviço a qualidade do atendimento, as questões éticas a acessibilidade.

Internamento
O Serviço de Medicina tem uma lotação efetiva de 68 camas, distribuídas por três áreas distintas, que se convencionou designar por Medicina I, Medicina II e Medicina III. Quatro camas do espaço de Medicina I estão afetas exclusivamente a cuidados intermédios – UMD.

Estão incluídas no espaço físico da área de Medicina II, as seis camas do Serviço de Dermatologia que são ocupadas por doentes de Medicina quando não há necessidade de internamento de doentes daquela especialidade.

No espaço físico da Medicina III, encontra-se também o Serviço de Infeciologia com 10 camas, incluindo duas camas de isolamento. Estas camas frequentemente são ocupadas com doentes de Medicina, quando se encontram vagas.

 

Urgência Geral
A prestação de Serviço de urgência é aceite como um paradigma da especialidade de Medicina Interna, quer na vertente assistencial quer na perspetiva formativa. Os elementos do Serviço de Medicina representam cerca de 20% do total do staff que presta serviço semanal na urgência, quer como chefes de equipe quer como elementos integrantes da equipe.

Consulta Externa
A Consulta Externa é realizada por todos os médicos do Serviço, sendo asseguradas, para além da consulta de Medicina, as consultas de Medicina/Diabetes, Medicina/Hipertensão Arterial, Anti coagulação, Medicina/ Dislipidemias, Medicina/Insuficiência cardíaca, Medicina/hemóstase. Dois médicos Assistentes hospitalares graduados do Serviço de Medicina realizam consulta de infeciologia (doentes com infeção por VIH).

Trata-se de uma oferta importante, sob o posto de vista qualitativo e quantitativo, que permite a continuidade de acompanhamento dos doentes no pós-alta, contribuindo assim para o descongestionamento do internamento.

Urgência Interna
A escala de urgência interna destina-se a apoio assistencial aos doentes internados eletivamente na área médica, respondendo também, e não raramente, a solicitações de outras especialidades médicas e cirúrgicas. Esta escala assegura assim a resolução de situações de emergência fora do horário de trabalho regular.

É também importante o apoio dado aos doente internados na Unidade de Cuidados Intermédios (localizada no S. Medicina I – UMD), que requerem monitorização continua e acompanhamento médico permanente.

Assistência a doentes de outros serviços
Trata-se de uma atividade assistencial, tanto eletiva como de urgência, dirigida a doentes internados nos diversos serviços do hospital, principalmente cirúrgicos, efetuada a pedido dos respetivos Serviços, por escala pré-definida pelo serviço de Medicina.

Hospital de Dia
No Hospital de Dia são observados diariamente vários doentes em regime de ambulatório, quer para realização de consulta ou para realização de exames nomeadamente determinação de INR, mielograma, biopsia óssea, paracentese, colheita de sangue para análises. Também pode ser administrada terapêutica como ferro endovenoso ou transfusões de concentrado eritrocitário. Este espaço é utilizado no sentido de se reduzir tempos de internamento e manter investigação clinica em ambulatório evitando o internamento e manter os doentes junto dos seus familiares.

Formação pré-graduada
O serviço de Medicina participa na formação de alunos da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa ( 3º, 4º, 6º anos), de acordo com protocolo estabelecido entre as duas instituições.

 

Formação pós-graduada
A formação de Internos do Internato Complementar de Medicina Interna e de outras Especialidades ( bem como do Ano Comum) é uma atividade de grande relevo no serviço de Medicina, como mais valia científica. O Serviço tem neste momento em formação 14 internos do internato complementar.

Formação de Enfermagem e Assistentes Operacionais
O Serviço participa na formação de alunos de enfermagem (básico e pós-básico) no âmbito das parcerias com as Escolas Superiores de Enfermagem e o HGO/Centro Garcia de Orta, sendo igualmente campo de estágio do curso de formação inicial para Assistentes Operacionais. A equipa de enfermagem integra um enfermeiro responsável pela formação em serviço, um elemento dinamizador pelo Controlo de Infeção e outro elemento dinamizador pela Gestão de Risco.

Investigação clínica
Participação em trabalhos de investigação, estudos multicêntricos (Peytho) e participação no Registo Internacional de doentes com TEP (Riete). O Serviço tem atualmente em curso o estudo GLORIA – AF, estudo observacional internacional, multicêntrico, prospetivo, para doentes com fibrilação auricular não valvular diagnosticada de novo (fase II/III)- dabigatrano na prevenção do AVC em doentes com fibrilação auricular.

O Serviço de Medicina Interna disponibiliza as seguintes consultas:

  • Dislipidemias;
  • Hipertensão Arterial;
  • Medicina – Anti coagulação;
  • Medicina Interna;
  • Medicina/Diabetes;
  • Medicina/Insuficiência Cardíaca;
  • Medicina/Trombose e Hemostase.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

Durante o ano de 2012 foram realizadas pelo Serviço de Medicina cerca de 12 mil consultas de Medicina.

 

Equipa:

  • Dra. Maria Francisca Delerue, Diretor de Serviço
  • Enf. Filomena Vinhas, Enfermeiro Chefe
  • Enf. Susana Graúdo, Enfermeiro Chefe
  • Dr. Arménio Neves, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 726 797
Email: secretariado.medicina@hgo.min-saude.pt

Hemato-Oncologia

Hematologia Clínica é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento das doenças do sangue e dos órgãos que intervêm na sua formação.

A Oncologia Médica é a especialidade médica que diagnostica e trata todo o tipo de tumores malignos e que se relaciona por isso com as restantes especialidades médico-cirúrgicas e Radioterapia numa estratégia de complementaridade entre si.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Hemato-Oncologia?

  • Internamento;
  • Hospital de Dia
  • Consulta Externa;
  • Apoio a doentes internados;
  • Urgência (interna e externa);
  • Consultas multidisciplinares;
  • Exames.

Para além da área assistencial, o Serviço desenvolve a sua atividade científica através da participação ativa em congressos nacionais e internacionais, na formação pré e pós-graduada e de investigação, assim como na colaboração em ensaios clínicos e epidemiológicos.

O Serviço de Hemato-Oncologia tem como missão prestar cuidados na área da Oncologia a todos os doentes com esta patologia da área de influência do HGO, pautando-se pelo que são consideradas as boas práticas atuais com o intuito permanente da excelência de cuidados.

O Serviço de Hemato-Oncologia disponibiliza as seguintes consultas:

  • Hematologia;
  • Oncologia Médica.

As consultas de Hemato-Oncologia são diárias e distribuem-se por todos os dias da semana entre as 08:00 e as 20:00.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

O Serviço de Hemato-Oncologia realiza os seguintes exames, requesitados internamente no próprio Serviço:

  • Mielogramas;
  • Biópsias ósseas.

O acesso a estes exames destina-se apenas a utentes com prescrição hospitalar, com origem nos serviços de Urgência, Consulta Externa e Internamento. Não são realizados exames com prescrições do exterior.

 

Equipa:

  • Dr. Hélder Mansinho, Diretor de Serviço
  • Dra. Margarida Bentes Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 726 798
Email: secretariado.oncologia@hgo.min-saude.pt

Infeciologia

Infeciologia é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento das doenças infeciosas (causadas por microrganismos como vírus, bactérias, fungos, entre outros).

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Infeciologia?

  • Consulta Externa
  • Consulta do Viajante
  • Internamento
  • Hospital de Dia

O Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada, dispondo de idoneidade formativa para a realização do Internato Complementar de Infeciologia.

O Serviço de Infeciologia disponibiliza as seguintes consultas:

  • Infeciologia geral;
  • Infecciologia associada a imunossupressão por VIH;
  • Medicina do Viajante:
    • Centro de Vacinação Internacional Nº 7 da Região de Lisboa e Vale do Tejo
    • Consultas: Quinta-feira das 13H00 às 17H00 e Sexta-feira das 13H00 às 20H00
    • Vacinação: Terça e Quinta-feira das 13H00 às 17H00 e Sexta-feira das 13H00 às 20H00
    • Documentos necessários: Cartão do Cidadão ou Bilhete de Identidade e documento com o número do utente, Boletim Individual de Saúde / Vacinas e Certificado Internacional de Vacinações (se já o tiver).

Consultas e Vacinação, com marcação prévia, através do email consulta.viajante@hgo.min-saude.pt ou pelos telefones 212 726 808 / 212 727 240 ou 212 727 163 (entre as 14H00 e as 16H30) ou do telemóvel 924 471 860.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

Equipa:

  • Enf. Mª Albertina Gonçalves, Enfermeiro Chefe
  • Dr. Arménio Neves, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 163
Email: secretariado.espmedicas@hgo.min-saude.pt

Hospitalização Domiciliária

A Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) do Hospital Garcia de Orta (HGO) iniciou funcionamento no dia 16 de novembro de 2015.

No contexto da pressão crescente colocada sobre a necessidade de mais e melhor desempenho dos cuidados hospitalares e simultaneamente da maximização da eficiência na utilização dos escassos meios disponíveis, a hospitalização domiciliária surge como uma resposta que pretende conjugar estes objetivos e ainda o aumento do bem-estar dos doentes e suas famílias.

A organização da prestação de cuidados de saúde através da Hospitalização Domiciliária (HD) surge no contexto de outras formas de organização da prestação de cuidados hospitalares, como sejam os Hospitais de Dia, a Consulta a Tempo e Horas (CTH), os Cuidados Continuados, a Rede Nacional de Cuidados Continuados (RNCCI) incluindo a Equipa de Gestão de Altas (EGA) e a Equipa de Cuidados Paliativos (EIHSCP), a Telemedicina e a Cirurgia do Ambulatório que inovam sobretudo na organização e na forma de disponibilização do acesso aos cuidados, simplificando e ajustando ás reais necessidades de cuidados.

O HGO vem inovando em diversos destes contextos, tendo já em 2004 disponibilizado, a Unidade Funcional de Cuidados Continuados (UFCC) prestando cuidados diferenciados de enfermagem ao doente no seu domicilio, permitindo antecipar a alta hospitalar, a melhoria do bem-estar e segurança e promovendo a continuidade de cuidados com os Cuidados de Saúde Primários (CSP).

Alicerçado nesta experiência consolidada o HGO avançou em Novembro de 2015 com um novo serviço, a Unidade de Hospitalização Domiciliária, perspetivando a disponibilização de cuidados clínicos centrados nas necessidades do doente, humanizados, minimizando as complicações inerentes à hospitalização convencional, em concordância com a sua missão, “contribuir para o melhor nível possível de saúde e bem-estar dos indivíduos que necessitem de cuidados hospitalares”, oferecendo-lhes um serviço de qualidade sempre que a permanência no hospital seja prescindível e que o doente prefira e tenha condições de acesso.

Os 5 princípios essenciais do projeto de Hospitalização Domiciliaria do HGO são:

  1. Igualdade de direitos e deveres do doente
  2. Equivalência de qualidade na prestação de cuidados
  3. Voluntariado na aceitação do modelo
  4. Humanização de serviços e valorização do papel da família
  5. Rigor na admissão de doentes e no seu seguimento clínico

Equipa:

  • Dra. Maria Francisca Delerue, Diretor de Serviço
  • Dra. Rita Nortadas Pereira, coordenador médico
  • Enf. Sérgio Sebastião, coordenador de enfermagem
  • Dr. Arménio Neves, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 100
Email: hosp.domiciliaria@hgo.min-saude.pt

Nefrologia

Nefrologia é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento das doenças do sistema urinário, em especial dos rins.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Nefrologia?

  • Internamento;
  • Consulta Externa;
  • Urgência;
  • Hospital de Dia.

Para além da área assistencial, o Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada e de investigação.

O Serviço de Nefrologia disponibiliza as seguintes consultas:

  • Diálise Peritoneal;
  • Nefrologia;
  • Pós-Transplante Renal;
  • Pré-Transplante Renal.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

Equipa:

  • Dr. Francisco Jorge Monteiro Oliveira Silva , Diretor de Serviço
  • Enf. Adelaide Martins, Enfermeiro Chefe
  • Enf. Mário Cavaleiro, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Margarida Bentes Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 125
Email: secretariado.gastronefro@hgo.min-saude.pt

Neurologia

Neurologia é a especialidade médica que se dedica à prevenção, ao diagnóstico e tratamento das doenças do sistema nervoso.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Neurologia?

  • Consulta Externa;
  • Internamento;
  • Urgência (interna e externa);
  • Bloco Operatório;
  • Hospital de Dia;
  • Meios Complementares de Diagnóstico.

Para além da área assistencial, o Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada e de investigação.

O Serviço de Neurologia disponibiliza as seguintes consultas:

  • Doenças Neurológicas Crónicas;
  • Doenças do Movimento;
  • Doença Vascular Cerebral;
  • Epilepsia;
  • Esclerose Múltipla;
  • Neurologia;
  • Neurologia do Comportamento.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

 

Equipa:

  • Dr. Miguel Rodrigues, Diretor de Serviço
  • Enf. Elsa Pereira, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Susana Sampaio, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 148
Email: secretariado.neurologia@hgo.min-saude.pt

Pneumologia

Pneumologia é a especialidade médica que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças do sistema respiratório.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Pneumologia?

  • Internamento;
  • Exames;
  • Consulta Externa;
  • Urgência.

Para além da área assistencial, o Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada e de investigação.

O Serviço tem como missão prestar assistência pneumológica diferenciada e humanizada aos doentes com doenças respiratórias que recorrem ao Hospital.

Os seus Valores são a competência técnica e humana dos seus profissionais, associadas à prestação de cuidados respiratórios de qualidade aos doentes, no internamento ou no ambulatório.

O Serviço deve prestar uma assistência pneumológica moderna e atual no internamento ou em ambulatório e possui elevada diferenciação técnica na área da Pneumologia de Intervenção e nos Estudos da Função Respiratória.

 

Equipa:

  • Dr. José Duarte, Diretor de Serviço
  • Enf. Emília Pinheiro, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Margarida Bentes Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 726 800
Email: secretariado.pneumologia@hgo.min-saude.pt

Psiquiatria

 

Psiquiatria é a especialidade médica que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas mentais, emocionais ou comportamentais.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental

  • Internamento;
  • Consulta Externa;
  • Urgência;
  • Exames periciais de Psiquiatria e Psicologia.

 

O Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental desenvolve ainda atividades de consultadoria a todos os centros de saúde da área de influência do HGO, bem como atividades de formação pré e pós-graduada e de investigação.

O Serviço tem como missão assegurar à população de ambos os sexos, com idades superiores a 17 anos e 364 dias, residente nos concelhos de Almada e Seixal:

  • Promoção da saúde mental;
  • Prevenção e o tratamento das doenças mentais;
  • Reabilitação e a reinserção social das pessoas com problemas de saúde mental

O Serviço iniciou as suas atividades em junho de 2007, vindo a substituir o Hospital Miguel Bombarda que tinha até essa altura a responsabilidade assistencial nos concelhos de Almada e Seixal. Tem capacidade para internar 25 doentes com patologia mental em fase aguda, em quartos equipados com duas camas em cada quarto.

 

Formação pré e pós graduada
O Serviço recebe alunos das Faculdades de Medicina da Universidade de Lisboa e da Universidade do Algarve para ensino pré graduado. Recebe ainda alunos de psicologia, enfermagem, terapia ocupacional e psicomotricidade para ensino pré graduado, bem como médicos internos do internato complementar de psiquiatria, médicos estagiários de MGF, e enfermeiros em estágios de especialização em saúde mental.

O Serviço tem também dado apoio a teses de Doutoramento e de Mestrado nas áreas da medicina, enfermagem e psicologia.

O Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental exerce as suas atividades em instalações próprias em Almada (internamento, consulta externa, urgência psiquiátrica, eletroconvusivoterapia, psiquiatria e psicologia de ligação, psiquiatria forense, intervenção domiciliária) e Seixal (consulta externa, área de dia e intervenção domiciliária).

 

Urgência
A Urgência de Psiquiatria é efetuada nos dias úteis das 09:00 às 21:00 na Urgência Geral do HGO.

No período noturno, das 21:00 às 09:00 e aos Sábados, Domingos e feriados com cobertura de 24 horas é realizada na Urgência Geral do Hospital Nª Sr.ª do Rosário – Barreiro (CHBM), conforme protocolo celebrado entre os três Hospitais da península de Setúbal.

Os doentes pertencentes área de intervenção do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental do Hospital Garcia de Orta, internados no Serviço de Observação do HGO e no Hospital N.ª Sr.ª do Rosário são transferidos nos dias úteis para o Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental do HGO.

 

Unidade de Electroconvusivoterapia (ECT)
Destinada ao tratamento de patologia depressiva grave ou outra com indicação específica para ECT, segundo critérios bem definidos. A aplicação da técnica tem a intervenção de especialista em anestesia, psiquiatria e enfermeiro

 

Psiquiatria e Psicologia de Ligação
Observa os doentes internados em outros Serviços do HGO, que tenham solicitado a observação por Psiquiatria ou Psicologia. A equipe é constituída por um psiquiatra e 2 psicólogos.

 

Área de Dia
Desenvolve atividades de intervenção, reabilitação e acompanhamento terapêutico, com intervenção de médicos, enfermeiros, psicólogos e psicomotricista.

 

Psiquiatria Forense
Dá resposta aos tribunais na elaboração de perícias médico legais, intervindo os psiquiatras e psicólogos do Serviço.

 

Consultadoria
Faz a articulação com os cuidados de saúde primários para triagem e apoio no seguimento de doentes acompanhados nos Centros de Saúde. Está destacado um psiquiatra para o efeito que se reúne com os especialistas de MGF e presta ainda apoio através de contacto telefónico.

 

Intervenção Domiciliária
São realizadas intervenções domiciliárias em situações de crise com participação multiprofissional.

 

O Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental disponibiliza as seguintes consultas:

  • Psiquiatria Geral;
  • Psiquiatria Geriátrica;
  • Sexologia Clínica;
  • Psicologia Geral;
  • Terapia de Casal.

As consultas externas efetuam-se nos dias úteis, entre as 08:00 e as 16:00, e são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

 

Equipa:

  • Dra. Isabel Costa, Diretor de Serviço
  • Enf. Fernanda Escalda, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Alexandra Santos, Administrador

 

Contactos:
Telefone: 212 736 678 – Internamento | 212 736 677 – Consulta Externa
Email: secretariado.psiquiatria@hgo.min-saude.pt

Reumatologia

Reumatologia é a especialidade médica que se dedica ao tratamento das doenças reumáticas, incluindo o seu estudo, diagnóstico, investigação, prevenção e reabilitação.

As doenças reumáticas podem afetar para além do aparelho locomotor (ossos, articulações, músculos e tendões) outros órgãos como o coração, o rim, o pulmão, sistema nervoso, os olhos e a pele.

Artrite Reumatoide, Lúpus Eritematoso Sistémico, Artrite Psoriática, Espondilite Anquilosante, Esclerose Sistémica, Síndroma de Sjogren, Síndrome antifosfolípidico, Polimiosite-Dermatomiosite, Vasculites, Gota, Artrose, Osteoporose (e outras doenças ósseas), Tendinites e outras doenças periarticulares são alguns dos exemplos de doenças reumáticas.

Quais os cuidados de saúde prestados e as áreas de atividade do Serviço de Reumatologia?

  • Internamento;
  • Consulta Externa;
  • Urgência;
  • Hospital de Dia.

Para além da área assistencial, o Serviço desenvolve ainda atividades de formação pré e pós-graduada de profissionais de saúde, bem como investigação e realização de ensaios clínicos.

O Serviço de Reumatologia do HGO é o único serviço de Reumatologia em toda a zona sul do país, sendo por isso referência absoluta para um núcleo muito importante de portugueses.

O Serviço disponibiliza consultas especializadas de Reumatologia nas várias patologias reumatológicas, com especial incidência nas doenças reumáticas sistémicas.

Em valência de Hospital de Dia, o Serviço realiza consulta protocolada de avaliação de doentes sob terapêutica específicas.

O Serviço também estabelece elos de ligação com os profissionais de saúde, nomeadamente a nível dos cuidados de saúde primários, na sua área de influência bem como com as outras especialidades médicas do Hospital Garcia de Orta.

As consultas externas são solicitadas através dos Centros de Saúde/Unidades de Saúde Familiar (USF) por via eletrónica, médico assistente ou ainda por referenciação interna.

O Serviço de Reumatologia disponibiliza os exames de diagnóstico e terapêutica:

  • Ecografia músculo-esquelética;
  • Microscopia ótica para o diagnóstico de doenças microcristalinas;
  • Capilaroscopia;
  • Técnicas diagnósticas e terapêuticas nomeadamente intra e periarticulares;
  • Biopsias da gordura abdominal, glândulas salivares minor e membrana sinovial.

O acesso a estes exames destina-se apenas aos utentes com prescrição hospitalar, com origem nos serviços de Urgência, Consulta Externa e Internamento. Não são realizados exames com prescrições do exterior.

Equipa:

  • Prof.ª Doutora Maria José Parreira dos Santos, Diretor de Serviço
  • Enf. Adelaide Martins, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Margarida Bentes Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 727 375
Email: secretariado.reumatologia@hgo.min-saude.pt

Dor

O Centro Multidisciplinar Dor (CMD) Beatriz Craveiro Lopes (BCL) do Hospital Garcia de Orta (HGO) presta serviços e atos clínicos diferenciados a doentes de todos os grupos etários referenciados e portadores de dor crónica (oncológica e não oncológica), tendo como referência a população da área de influência do Hospital.

 

São objetivos do CMDBCL:

  • Estabelecer diagnóstico, terapêutica e prognóstico no âmbito da Medicina da Dor;
  • Elaborar história clínica da dor, incluindo a dor primária e as dores secundárias, início e possíveis causas;
  • Investigar e interpretar tratamentos prévios, respostas a esses tratamentos e aos tratamentos atuais;
  • Avaliar a patologia associada,
  • Avaliar a medicação instituída, passada e presente;
  • Realizar exame físico geral e álgico em particular;
  • Avaliar respostas comportamentais ao exame físico;
  • Avaliar o risco/ benefício da medicação a instituir e eventuais interações medicamentosas;
  • Realização de procedimentos farmacológicos e não farmacológicos, invasivos e não invasivos, caso seja necessário;
  • Avaliação psicológica;
  • Ensino aos doentes e acompanhantes, sobre gestão do regime terapêutico.

 

Quais os cuidados de saúde prestados pela do CMDBCL?

  • Consultas;
  • Tratamentos invasivos e não invasivos farmacológicos e não farmacológicos.

 

O CMDBCL disponibiliza as seguintes consultas:

  • Consulta Externa – Diária;
  • Consulta Multidisciplinar com Oncologia – Bimensal;
  • Consulta Multidisciplinar com Neurologia – Mensal;
  • Consulta Psicologia – Diária;
  • Consulta Telefónica – Diária;
  • Hospital Dia de Medicina Dor – Diária;
  • Consulta Dietética – Bimensal;
  • Mesoterapia Semanal;
  • Técnicas de Relaxamento – Diária;
  • Reiki – Bisemanal;
  • Psicoterapia de grupo – Semanal;
  • Musicoterapia – Semanal;
  • Acupuntura – Bisemanal

 

A preparação das consultas multidisciplinares é realizada na última semana de cada mês com base nos doentes selecionados pela equipa médica ou de enfermagem.

 

A acessibilidade é exclusivamente por referenciação médica por:

  • Medicina Geral – Rede pública e privada;
  • Medicina Hospitalar – Rede pública (HGO ou outro hospital) e privada;
    Seguradoras

 

Critérios de referenciação doentes ambulatório:

  • Doente portador de síndrome doloroso que foi adequadamente avaliado, e, com dor refratária a tratamentos convencionais;
  • Significativa disrupção das atividades de vida diária por causa da dor;
  • Doente que necessite de diagnóstico quanto ao provável síndrome doloroso;
  • Perturbações de comportamento em doentes com dor crónica e com fraco “coping”;
  • Doentes devem ser portadores de exames complementares de diagnóstico realizados para esclarecimento da etiologia da dor, e dos fármacos já prescritos para controlo da dor.

 

No CMDBCL realizam-se os seguintes tratamentos invasivos e não invasivos farmacológicos e não farmacológicos:

  • Bloqueio de Nervos Periféricos;
  • Bloqueios Epidurais;
  • Infiltrações pontos dolorosos;
  • Diatermia;
  • Psicoterapias;
  • Mesoterapia;
  • Reiki;
  • Acunputura

Estes procedimentos são indicados após consulta médica tendo em conta a situação clínica do doente.

 

Equipa:

  • Dra. Alexandra Fátima Gonçalves Reis, Diretor de Serviço
  • Enf. Madalena Mela, Enfermeiro Chefe
  • Dra. Margarida Bentes Oliveira, Administrador

Contactos:
Telefone: 212 726 815
Email: medicos.dor@hgo.min-saude.pt